Saiba como utilizar o certificado digital no Empregador Web

Saiba como utilizar o certificado digital no Empregador Web

O Empregador Web, portal do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), tornou mais ágil o pedido de seguro desemprego desde 2014. Durante a pandemia do Coronavírus, a comunicação de redução de jornadas e de outras obrigatoriedades das empresas também está sendo feita por meio dele. 

Existe a possibilidade de usar o Empregador Web sem certificado digital. No entanto, o uso pleno da plataforma só é possível com o instrumento. Sem o documento, é permitido apenas cadastrar um procurador e, até que ele seja de fato autorizado, leva-se muito tempo e uma série de procedimentos burocráticos são necessários, como vamos explicar adiante.

Já com o certificado digital, é possível realizar os procedimentos completos e praticamente imediatamente. 

Assim, neste artigo, o foco é te mostrar como usar o portal com o documento eletrônico.

Passo a passo para usar o Empregador Web com certificado digital

Primeiramente, você precisa ter o certificado digital instalado no seu computador. Depois, siga os seguintes passos: 

  1. Com o certificado digital válido devidamente ativado, acesse o site https://sd.mte.gov.br/sdweb/empregadorweb/index.jsf
  2. Clique em cadastrar gestor e preencha os campos. Atenção aos dados nome e CPF, eles devem ser do sócio-proprietário da empresa. Caso contrário, dará erro com o certificado. 
  3. Acesse o e-mail cadastrado para ver o login e senha gerada automaticamente pelo Empregador Web. 
  4. Volte para o site https://sd.mte.gov.br/sdweb/empregadorweb/index.jsf com a senha e o login em mãos. 
  5. Se você tiver mais de um certificado na máquina, quando for efetuar login, a lista desses documentos aparecerá. 
  6. Logo depois, surgirá uma caixa de diálogo solicitando o PIN do certificado digital. Em seguida, digite o login e a senha (a que foi enviada por e-mail). 
  7. Pronto! Você já pode outorgar procurações e realizar todos os procedimentos permitidos no Empregador Web.  

Como consta no manual de uso do Empregador Web elaborado pelo MTE, depois desta ação é permitido:

  • Preencher e enviar os Requerimentos de Seguro-Desemprego de forma individual e por arquivo de importação; 
  • Consultar os requerimentos preenchidos e enviados pela empresa; 
  • Cadastrar Procuração sem a necessidade de ativá-la em um posto de atendimento;
  • Cadastrar empresas filiais vinculadas a empresa matriz.

Qual tipo de certificado pode ser usado no Empregador Web?

Tanto o e-CPF quanto o e-CNPJ podem ser usados no Empregador Web. No entanto, certificados do padrão NF-e/NFC-e não são aceitos. 

Os certificados digitais também devem ser emitidos por empresas confiáveis, pois o sistema detecta facilmente fraudes, essa é uma das maiores motivações para criação do aplicativo do MTE. Além disso, assegure-se que o seu certificado esteja válido. 

Uso do Empregador Web sem certificado digital, o que muda?

É possível utilizar o empregador web sem certificado digital apenas para conceder procuração. Porém, é muito mais burocrático e menos vantajoso. Depois de informar os dados do procurador, será necessário imprimir documentos e autenticá-los. Todos os requerimentos deverão ser feitos em um posto do MTE, presencialmente. 

Ou seja, o custo-benefício é muito pequeno em relação ao acesso com certificado digital. 

Como ter certificado digital para começar a usufruir desses benefícios?

O processo de emissão dos certificados digitais são simples. A maioria deles pode ser emitido por videoconferência. Além de ágeis na emissão desse documento, nossas unidades conseguem orientá-lo sobre as melhores escolhas para que você opte pelo melhor para você ou sua empresa.

Entre em contato e emita seu certificado digital por videoconferência!

× Como posso te ajudar?