O que é e o que faz uma Autoridade Certificadora (AC)

O que é e o que faz uma Autoridade Certificadora (AC)

Quando falamos sobre o mercado de certificação digital, é sempre reforçada a necessidade e a importância de ter uma Autoridade Certificadora (AC). 

Apesar da grande procura pelo certificado digital e da sua forte presença em diversas atividades, dúvidas sobre o processo de compra e sobre as etapas para a emissão surgem a todo momento. Nesse contexto, as ACs, junto às Autoridades de Registro (ARs), exercem um papel fundamental, pois são as responsáveis por cada uma das etapas do processo. Sem elas, não há como ter o documento eletrônico. 

Para esclarecer as dúvidas acerca dessas entidades, mais precisamente sobre a Autoridade Certificadora, elaboramos este artigo. Vamos mostrar o seu papel na emissão do certificado digital e diferenciá-la dos outros tipos de autoridade. Você também aprenderá como avaliar a melhor AC para emitir o seu certificado. Confira!

O que é uma Autoridade Certificadora?

Como existem vários elementos presentes no mercado de certificação digital, é importante, primeiro, explicar o que é uma Autoridade Certificadora (AC). 

Trata-se de uma empresa (pública ou privada) que fica responsável pela emissão, renovação, revogação e administração dos certificados digitais que emite. É ela quem assina digitalmente o documento eletrônico do titular, declarando a sua identidade. 

Para que as ACs possam realizar essas funções, é necessário que estejam de acordo com as normas da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-Brasil), órgão que regulamenta a emissão dos certificados digitais no país. 

Além disso, na cadeia de certificação existem dois níveis de Autoridades Certificadoras. As de primeiro nível são as que podem emitir o documento para outras ACs. Essas, por sua vez, são conhecidas como ACs de segundo nível, ou ACs finais. 

Quais as funções de uma Autoridade Certificadora?

Além de ser responsável pelo processo de emissão, renovação, revogação e gerenciamento dos certificados digitais, é papel da AC verificar se o dono do certificado possui a chave privada correspondente à chave pública do certificado emitido.

É também função da AC credenciar as Autoridades de Registro para realizarem o atendimento ao cliente e garantir a veracidade das informações presentes em cada certificação. 

Diferenças entre outros tipos de autoridade

Como dissemos anteriormente, o processo de emissão do certificado digital é realizado por mais de uma entidade. Cada uma é encarregada por uma determinada etapa na cadeia de certificação. Tudo para garantir que o documento eletrônico seja altamente seguro e confiável. 

No entanto, pela semelhança dos nomes e complexidade de entender a hierarquia, pode acontecer de haver confusão com relação aos papéis de cada empresa certificadora. Para não restarem dúvidas, mostraremos as atuações de duas entidades principais. 

Autoridade Certificadora Raiz (AC-Raiz)

A Autoridade Certificadora Raiz (AC-Raiz), também conhecida como Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), está no topo da hierarquia. É a autoridade máxima da certificação digital no país. É ela a responsável por gerenciar e coordenar todas as ACs intermediárias de primeiro nível e assegurar a descentralização dos certificados digitais no país. 

Também é de sua competência verificar se as ACs estão atuando conforme as normas estabelecidas pela ICP-Brasil, bem como fiscalizar os prestadores de serviço que trabalham nesse mercado. 

Autoridade de Registro (AR)

É muito comum confundirem uma AC com uma AR. Porém, as duas entidades desempenham funções diferentes na cadeia de certificação digital. 

A Autoridade de Registro funciona como uma espécie de ponte entre o usuário e uma AC. É papel da AR verificar a documentação do titular e solicitar à Autoridade Certificadora a emissão do certificado. Nessa etapa, a AR faz a conferência da identidade da pessoa que solicitou o documento eletrônico, seja ela jurídica ou física. Somente depois da confirmação é que ela encaminha o pedido de emissão à AC. 

Assim, o processo de requerimento à certificação digital se torna muito mais seguro ao passar pela AR, uma vez que ela fiscaliza a documentação do cliente e verifica se há alguma fraude ou não. 

Como avaliar a melhor Autoridade Certificadora

Se você pretende investir em um certificado digital, mas ainda não escolheu a Autoridade Certificadora, saiba que o ponto de partida para acertar na decisão é a confiança. 

A melhor AC é aquela que atua de forma ética e profissional, assegurando que todo o processo acontecerá de forma legítima, conforme as orientações da AC-Raiz e normas da ICP-Brasil. 

A postura e o comprometimento da empresa também precisam ser avaliadas. Por isso, procure escolher a AC que forneça o suporte necessário e completo para o melhor aproveitamento do certificado digital, como instalação, orientação para uso, renovação e revogação. 

Certificaminas: excelência em certificação digital 

Como mostramos, para adquirir um certificado digital é preciso ter ao lado uma empresa confiável, que atue com ética, profissionalismo e que ofereça o suporte completo ao cliente, assim como a AC Certificaminas.    

Com experiência no mercado, a Autoridade Certificadora oferece segurança em certificação digital às empresas de todos os portes e setores, pessoas físicas e jurídicas. Além disso, o processo de emissão do documento eletrônico é feito de forma ágil e 100% seguro, com a possibilidade de o cliente escolher o método que melhor lhe atenda: presencial, on-line ou por videoconferência. 

Entre em contato conosco e obtenha o melhor da certificação digital com agilidade e sem segurança!