fbpx
 O que é e o que faz um Agente de Registro (AGR)

O que é e o que faz um Agente de Registro (AGR)

Novas tecnologias fazem surgir outras profissões. Com a popularização do Certificado Digital, não foi diferente. Uma das funções criadas por causa do dispositivo foi o Agente de Registro, o AGR. A tendência é que mais vagas para esse tipo de profissional sejam abertas, já que o mercado de certificação está em alta. 

Na pandemia, enquanto outras áreas foram impactadas negativamente, as Autoridades de Registro (ARs) viram o setor dar um salto. Afinal, muitos dos serviços liberados pelos órgãos competentes exigem certificado digital para garantir segurança ao processo. 

As empresas de certificação digital foram consideradas essenciais no Decreto nº 10.282 de 20 de março de 2020, do Governo Federal. O crescimento do setor que já impressionava, com média de 30% ao ano, foi de 52,9% de 2019 para 2020, segundo o ITI (Instituto Nacional de Tecnologia da Informação). A ICP-Brasil divulgou que foram emitidos 6.049.579 certificados digitais no ano passado, o maior número de emissões desde o surgimento desta tecnologia.

Neste artigo, vamos detalhar essa nova profissão e como as pessoas podem ocupar uma vaga de AGR. 

O que é um agente de registro? 


O AGR é o profissional responsável por coletar a biometria do cliente, validar e verificar todas as informações e documentos necessários para o processo de obtenção da certificação digital. Tudo isso é feito de acordo com as regras do ICP-Brasil. 

Ele é a primeira pessoa com quem o cliente vai ter contato na AR. Ou seja, o atendimento do agente de registro tem um grande impacto na imagem da empresa. Por ser responsável pela verificação dos documentos, o sucesso da emissão do certificado digital tem grande participação desse profissional. 

Como se tornar um AGR

Boa comunicação, proatividade, conhecimentos avançados em informática e, principalmente, idoneidade são as características desejadas em um agente de registro, como explica o gerente de suporte e Central de Verificação da AC Certificaminas, Luís Souza. Isso porque ele vai lidar com o público e com algo extremamente tecnológico. 

A iniciativa do agente é importante para que o processo de emissão possa ocorrer com agilidade e tranquilidade. Se o cliente disse que vai providenciar os documentos deixou de se comunicar com o AGR, o profissional deve pedi-los, proativamente. 

Segundo Luís, além dessas características, as Autoridades de Registro também têm as próprias exigências quando vão fazer a contratação para essa função.

O AGR deve estar credenciado por uma AR e ter vínculo empregatício com a empresa registrado na carteira de trabalho. A empresa vai encaminhá-lo a um curso referente à função. Nesse treinamento, a maior parte do conteúdo diz respeito às normativas do ICP-Brasil.

Pelos pré-requisitos, é possível notar a responsabilidade do AGR. Por isso, ao contratar um agente de registro, a empresa precisa ser criteriosa. 

Para ter um bom desempenho nesse mercado, o agente de registro precisa acompanhar as novidades em certificação digital. 

Importância do AGR

Para quem precisa contratar esse profissional, leve o processo seletivo a sério. A veracidade das informações do titular do certificado depende da conduta ética do agente de registro. Ele também lidará com dados muito importantes e pode contribuir positiva ou negativamente para o sucesso da sua empresa. 

Se você deseja ser um AGR, comece a se informar sobre certificação digital e a enviar currículo para as Autoridades de Registro ou Autoridades Certificadoras. Boa sorte!