Segurança no e-commerce: 5 dicas para proteger sua loja virtual

Segurança no e-commerce: 5 dicas para proteger sua loja virtual

Uma loja virtual precisa mais do que um design atraente e os melhores produtos do mercado para ter sucesso. Com casos de fraudes recorrentes e consumidores cada vez mais exigentes, é necessário aumentar a segurança do seu e-commerce, a fim de evitar que as informações das pessoas que compram na sua loja sejam acessadas por terceiros.

Essa preocupação com a proteção dos dados não apenas conquista a confiança dos clientes, mas contribui com a reputação da marca e evita prejuízos financeiros.

Quer saber como oferecer uma plataforma de compras confiável aos seus consumidores? Fique com a gente até o final. Neste artigo, daremos cinco dicas que irão ajudá-lo a gerar credibilidade para seu e-commerce e aumentar suas vendas. Também mostraremos como um certificado digital específico para sites é essencial nessa missão. Acompanhe!

Importância da segurança no e-commerce

Uma pergunta rápida: você compraria em um site que não transmite confiança, embora ofereça produtos de qualidade e com preços justos? Se você se preocupa com a segurança dos seus dados em ambiente virtual, provavelmente sua resposta será negativa, certo?

Os motivos pelos quais um empreendedor, dono de um e-commerce, deve investir em meios para aumentar a proteção da sua loja virtual começam por aí. Consumidores desconfiados tendem a não finalizar suas compras e a deixar os produtos guardados no carrinho.

No entanto, lojas on-line que investem em proteção dos dados só têm a ganhar! Além de conquistarem a confiança do usuário, recebem credibilidade no mercado, são bem posicionadas no Google e, com a visibilidade, podem aumentar suas vendas. 

Dicas de segurança no e-commerce

Aumentar o nível de segurança do seu e-commerce não precisa ser uma tarefa difícil, tampouco, muito custosa. Com apenas alguns cuidados, aplicados, inclusive, no nosso dia a dia, já é possível evitar invasões e danos aos consumidores e à loja. Veja, abaixo, quais precauções tomar. 

1. Tenha um meio de pagamento seguro

Ter um método de pagamento seguro é tão importante quanto escolher os produtos que serão oferecidos no seu e-commerce. Além de ser o último passo na jornada de compra do consumidor, é o momento em que ele precisa fornecer dados confidenciais. Se considerarmos, ainda, que as tentativas de fraude em lojas virtuais subiram 23,6% em 2022, investir em um sistema de recebimento confiável se torna muito mais necessário.

Atualmente, o cartão de crédito é o método mais utilizado que já entrou nas graças do consumidor. De acordo com o relatório The Global Payment Report, realizado pela Worldplay, 45% das transações no e-commerce são efetuadas com ele. No entanto, existem outras opções no mercado que podem ser até mais seguras.

Por isso, antes de escolher qual será usado na sua loja virtual, pesquise outros meios, considerando seus prós e contras. Existem umas alternativas, por exemplo, que já contam com um sistema de antifraude integrado, perfeito para o checkout do cliente.

Outra dica é estabelecer suas próprias políticas de pagamento, privacidade, devolução e troca. Nessa etapa, lembre-se de deixar as regras claras na página, e não “escondidas”, como acontece, normalmente, em outros sites. Essa atitude torna os métodos de recebimento on-line mais transparentes e evita problemas futuros que podem levar à perda de clientes, cancelamentos de compras ou avaliações negativas em sites de reclamações.

2. Escolha uma plataforma confiável

Assim como o método de pagamento, a sua plataforma de hospedagem deve ser confiável. No mercado, existem várias opções disponíveis, com vantagens e desvantagens. Portanto, é preciso avaliar qual alternativa é mais interessante para o seu negócio e, claro, para os seus clientes.

Dessa forma, dê preferência para uma plataforma com boa reputação no mercado, que seja capaz de oferecer a segurança necessária para você trabalhar com tranquilidade e integrar o melhor meio de recebimento já selecionado.

3. Use senhas fortes

A dica sobre utilizar senhas fortes também deve ser aplicada no universo do e-commerce. Afinal, estamos falando sobre segurança de dados, e elaborar sequências com símbolos, letras maiúsculas, minúsculas e números está entre os primeiros passos.

No entanto, é importante que essa prática também seja incentivada aos seus clientes, já que ela diminui os riscos das informações pessoais contidas nos painéis de cada usuário serem acessadas por terceiros.

Muitos consumidores têm o hábito de usar a mesma senha em diferentes sites, o que pode trazer grandes problemas no futuro. No entanto, ao solicitar sequências fortes, você o estimula a pensar em códigos fora do comum, o que dificulta o acesso de hackers na conta.

4. Mantenha as atualizações em dia

Como nos aplicativos para celulares, os sistemas e protocolos de segurança precisam ser atualizados com frequência para se manterem efetivos. Novas falhas, vulnerabilidades são descobertas diariamente no mundo virtual, por isso, dispor de algo que tenha competência para evitá-las é importante não apenas para preservar os dados dos usuários, mas trabalhar a credibilidade do seu negócio.

Com seu sistema atualizado e a prática de outros cuidados já mencionados, as chances de hackers invadirem sua loja serão ainda menores. 

5. Invista em um certificado digital SSL

Usar criptografia é uma maneira de resguardar os dados de qualquer negócio on-line, principalmente quando o site solicita informações dos clientes. O certificado digital Secure Sockets Layer (SSL) é uma tecnologia criada com esse intuito.

Basicamente, ela funciona como uma “camada” de segurança em páginas da internet. Uma vez instalada, a ferramenta garante a proteção, privacidade e autenticidade das transações de dados entre o servidor e o usuário por meio do recurso de criptografia. Dessa forma, ninguém, além de você e seu cliente, terão acesso a essas informações.

Vantagens de usar o certificado digital SSL no e-commerce

Evitar invasões e roubo de dados é uma das principais vantagens do certificado digital SSL, mas não se trata apenas disso. Ao investir no certificado para o seu negócio, o empreendedor ganha em vários aspectos, como os que mostraremos abaixo. 

Melhora o posicionamento do site

Muitos não sabem, mas o Google avalia positivamente páginas da internet que proporcionam melhores experiências aos usuários e diminuem a possibilidade de ataques virtuais. Por oferecer as duas coisas, e-commerces com certificação SSL ganham mais visibilidade no buscador e são colocados em uma posição melhor no ranqueamento.

Aumenta a confiança do cliente

Sem identificar elementos de proteção no site, o consumidor pode deixar de concluir sua compra e abandonar o carrinho. Não é isso que você quer, certo?

Com o certificado digital SSL, o usuário consegue ver que o e-commerce é seguro antes mesmo de acessar a página, pela sigla “https” presente na URL. Na barra do endereço, também é possível visualizar um cadeado, que indica que a ferramenta ainda é válida no site. Assim, ao perceber o uso da certificação e o cuidado do seu negócio com os dados pessoais dos usuários, o cliente se sentirá confiante para comprar na sua loja virtual.

Possibilita o método de pagamento via cartão de crédito

Como mencionamos há pouco, uma das formas de pagamento preferidas dos consumidores é o cartão de crédito. Acontece que, para oferecer esse método aos usuários, é fundamental que seu e-commerce tenha certificação SSL. 

Essa é uma exigência de todas as operadoras de cartões de crédito (e débito). 

Certificado digital SSL para e-commerce

E-commerces que se preocupam com a proteção de dados e a qualidade da experiência do usuário podem se tornar líderes no mercado, aumentar as vendas e o tráfego graças às avaliações positivas feitas em páginas de satisfação dos consumidores.

É isso que você deseja para o seu negócio?

Então, dê o primeiro passo para o sucesso investindo em um certificado digital SSL. Temos certeza de que a ferramenta, aliada aos cuidados mencionados ao longo do texto, renderá bons frutos a você e sua loja virtual.