Prova de vida digital: realize sem sair de casa com certificado digital

Prova de vida digital: realize sem sair de casa com certificado digital

A prova de vida era um verdadeiro transtorno para muitos aposentados e pensionistas. Ter que comparecer às agências bancárias uma vez por ano é especialmente difícil para quem tem problemas de saúde, mudou-se da cidade em que a agência está ou mora fora do país.

Essa realidade mudou recentemente e a comprovação de vida pode ser feita de forma on-line, pelo Gov.br. Com o certificado digital, o processo pode se tornar ainda mais fácil, como vamos te mostrar. 

Nível máximo de segurança no Gov.br com certificado digital

A prova de vida digital pode ser realizada com quaisquer níveis de acesso no Gov.br. Porém, com o certificado digital a segurança é máxima (acesso nível ouro) e você pode utilizar todos os serviços disponíveis. Assim, não irá facilitar apenas a realização da prova de vida, mas diversas obrigatoriedades do seu dia a dia.

Os outros níveis de acesso são bronze e prata. No ouro, o uso do certificado digital é pré-requisito.

Independente da escolha que você faça, é preciso realizar seu cadastro no Gov.br para conseguir fazer a prova de vida pela internet.

Tutorial: como fazer prova de vida digital

O primeiro passo é seu cadastro no Gov.br. Você pode escolher fazer o procedimento sem certificado digital. Para isso, basta selecionar sua opção. Mas recomendamos fortemente que você realize o cadastro com o certificado digital. Por isso, o nosso tutorial vai considerar o acesso com o certificado.

  1. Depois de realizar o cadastro no Gov.br, você terá que baixar dois aplicativos:

      2. Logado no “Meu INSS”, selecione “Prova de Vida”
      3. Acesse o Gov.br antes de continuar
      4. Clique em Iniciar prova de vida no Meu INSS
     5. Volte ao Meu INSS e clique, de novo, em Prova de Vida
     6. No Meu Gov.br, vá em Autorizações
     7. Clique em Autorizações pendentes e depois clique em Autorizar
     8. Responda à pergunta que aparecerá no Meu Gov.br
      9. Dê permissão para o app utilizar a câmera do seu celular
      10. Siga os comandos para captação de imagens do seu rosto.
      11. Pronto! Volte ao Meu INSS. Clique em Prova de Vida e anote o número do protocolo.

Outras mudanças na prova de vida

O Governo Federal desburocratizou esse procedimento em 2022. Desde 2 de fevereiro, os beneficiários do INSS não precisam se deslocar até uma agência para cumprir a obrigatoriedade. Aliás, agora a função de realizar a comprovação é do INSS, por meio do cruzamento de dados como votação, declaração de imposto de renda e muitas outras informações.

O sistema irá considerar os dez meses posteriores ao aniversário do beneficiário. Caso não encontre nada, o cidadão será notificado e, em última instância, ele terá que comparecer presencialmente para mostrar que ainda pode receber a pensão, aposentadoria ou outro benefício.

Durante todo ano de 2022, não haverá bloqueio, para adequação do governo à nova forma de realizar a prova de vida relativa a esse ano. Como vamos mostrar abaixo, atrasos anteriores precisam ser regularizados.

Comparecer a uma agência para realizar a comprovação ainda será possível, mas opcional. 

A opção de comprovar que está vivo é liberada no sistema no mês do aniversário do beneficiário.

Como regularizar prova de vida atrasada

Para quem não fez a prova de vida em 2020 e 2021, o benefício pode ser bloqueado. A regularização também pode ser feita de forma on-line, como ensinamos nos tópicos acima. A partir de julho de 2022, quem estiver com a comprovação atrasada, referentes à 2020 e 2021, deixa de receber pensão ou aposentadoria.

Assim, compareça à agência bancária em que recebe ou siga o passo a passo para regularizar sua situação sem sair de casa. Caso você tenha dúvidas sobre o cumprimento da obrigatoriedade, o aplicativo SouGov.br mostra se há alguma pendência.

  1. Abra o app SouGov.br
  2. Clique nas três linhas ao lado de SouGov.Br e escolha a opção Prova de Vida.
  3. São possíveis três resultados:
  • Regular: você está em dia
  • Pendente: está dentro do ciclo de três meses do INSS, a tolerância de atraso é de um a três meses.
  • Em atraso: mais de três meses de atraso. 

      4. Se você está pendente ou em atraso, clique em instruções para prova de vida ou siga o tutorial dos tópicos anteriores para ficar em dia com sua obrigatoriedade.

Certificado digital para tornar a prova de vida mais segura

Se você ainda não possui certificado digital para fazer essa comprovação com o máximo de segurança, a Certificaminas pode te ajudar, de onde quer que você esteja. Emita seu certificado via videoconferência, facilite sua rotina e ganhe todos os benefícios com o instrumento.

Peça o seu aqui: https://certificaminas.com/solicitar-certificado/